sábado, janeiro 28, 2006

CASA da ORCA de CORTICO "d'ALGODRES"


Este monumento megalitico encontra-se tambem situado no planalto de Algodres, mas dentro da area da freguesia de Cortico de Algodres. E constituido por uma camara de base poligonal, com cerca de 2,5 de diametro e 3 metros de altura, tem oito esteios com entrada virada a nascente, servida por um pequeno corredor, forma uma pequena mamoa, tem os esteios inclinados ao centro, com chapeu de cobertura. Ainda se podem ver, restos ja muito diluidos de pintura ocre, no interior da camara.

Foi datado de cerca de 3000 anos antes da nossa era, explorado por Leite de Vasconcelos em 1896, o espolio recolhido na altura, foi transferido para o Museu Etnografico Portugues. A cerca de vinte anos houve aqui nova intervencao por parte do GAFAL (Gabinete de Arqueologia de Fornos de Algodres). O espolio entao recolhido passou a integrar o patrimonio do CHIAFA. (Centro Historico de Investigacao Arqueologica de Fornos de Algodres)

Este Sitio Arqueologico foi considerado monumento de interesse publico, por decreto de 1 de Junho de 1992. Podera ser visitado facilmente, pois encontra-se servido por um ramal pavimentado, com ligacao a Estrada Municipal: Algodres-Maceira.
Se nao conhecem passem por la e digao algo.

6 comentários:

azurara disse...

Vou ver se o visito num destes fins-de-semana.

TSFM disse...

Conheço o Dolmen, mas já lá não vou à algum tempo. Tenho que lá voltar e de máquina fotográfica em riste.

Nuno disse...

Tenho de visitar um dia destes, já não visito também Fornos de Algodres há algum tempo, a bem falar basicamente não conheço apesar de estar perto de Trancoso e já ter estado na vila uma ou duas vezes em modo de passagem.
Hoje mesmo coloquei um link para este blog no meu blog sobre a região e o concelho de Trancoso,
Um abraço e votos de boa semana,

Nuno Santos ( www.trancoso.pt.vu )

CMatos disse...

Tenho andado com muito pouco tempo para visitas, mas como gosto de coisas antigas vim ver. Já visitei algumas orcas, nomeadamente as de Mangualde, Esmolfe e Gouveia, mas estas não. Ficam de certeza na lista de próximas visitas.
Obrigado pelas visitas.

Alex disse...

Bom trabalho Al Cardoso
Temos que continuar a pôr as nossas terras no mapa.
Tem toda a razão. Portugal não é só Lisboa e o resto não é só paisagem. Antes pelo contrário. É rico, está vivo, tem muito para mostrar e ensina-nos muita coisa.

Não conheço essas antas mas vão ficar referenciadas.
Quando poder levo a família toda a visita-las.

Cumprimentos,

Nuno disse...

Caro Albino,
Apenas uma breve nota, para dizer que as escavações realizadas em finais dos anos 80 não foram feitas pelo GAFAL mas pelo Prof. Domingos Cruz, da Univ. de Coimbra.
Um abraço,