segunda-feira, janeiro 09, 2006

CAPELA DA SENHORA DAS DORES


Situada num adro com entrada pela rua Dr. Fernando Menano, na vila de Fornos, encontra-se virada para a vertente norte da nossa Estrela,(a serra)lugar donde se pode admirar uma paisagem encantodora.

Esta capela foi edificada em 1888, com as pedras de uma outra muitissimo mais antiga, de invocacao do Espirito Santo, (mas quem houve designa-se por Santo Estevao) e, se localizava junto a rua do mesmo nome, em Fornos de Algodres.

Foram para aqui transportadas as pedras e feita a construcao, porque a antiga referida capela, que datava pelo menos do seculo XVI, se encontrava arruinada e profanada desde o tempo da terceira invasao franceza em 1810, tendo nessa altura sido usada como cadeia ao servico daquelas tropas.

Aquela capela do Espirito Santo era uma capela do povo e teve irmandade propria que por sua vez administrava o hospital que entao ja existia nesta vila, pelo menos desde 1573, (suponho que a este hospital teram tido ligacao os judeus e, a designacao do Espirito Santo ate foi adoptada para apelido de algumas familias de cristaos-novos).
Foi nesta antiga capela que em 1666 se instituiu a Mesericordia, tendo esta irmandade por essa data apossado-se da capela, do hospital e de outras propriedades de sua pertenca, contra a vontade de muita gente entre os quais o abade da freguesia de S. Miguel de Fornos.

Tera sido a partir da data da conclusao da igreja da Mesericordia (1769), que esta capela tera entrado em desuso e, tera sido isso que originou o facto dela ter sido usada para cadeia, nunca tendo sido reabilitada foi demolida em 1888. Em seu lugar foi edificado um cruzeiro, demolido aquando da implantacao da republica, tendo sido novamente edificado outro ja durante o estado novo, alem dele havia ate a cerca de 20 anos um marco de pedra com uma inscricao, referindo aquela capela. (presentemente desconheco o seu paradeiro)

Esta Capela da Senhora das Dores foi edificada nos terrenos da Santa Casa na mesma altura em que se construiu o hospital primitivo, que se localizava onde hoje se situa o lar da Mesericordia, (em obras) no Chao da Biquinha, assim identificado por ai se localizar uma pequena nascente de agua, que mais tarde a referida irmandade canalizou para fonte incrustada no muro dos terrenos do Hospital.
E uma capela de reduzidas dimensoes, renascentista com registos barrocos tardios e, com um pequeno campanario estilo romanico sobre o timpano da facha posterior.

4 comentários:

TSFM disse...

História grande a desta Capela pequena.

Terreiro disse...

É a capela que fica na rua que se dirigia para o C.S. velho?
Aqui nesta foto parece ter um átrio muito maior, mais espaço!
A confirmar, as edificações feitas junto desta, só vieram prejudicar este cantinho de reflexão.

Abraços

al cardoso disse...

E esta capela encontra-se junto ao antigo Hospital da Mesericordia e mais tarde Centro de Saude o antigo.

TSFM disse...

Terreiro quererás certamente dizer adro, não?