sábado, setembro 03, 2005

QUINTA DAS PARADEIRAS OU DO MATEUS

Tal como a Aldeia das Cortes esta quinta foi fundada entre os anos de 1527 e 1657, fica situada no vale da ribeira de "Corticolo",(assim se chamava no seculo XII) relativamente perto da mesma e em frente da antiquissima vila de Algodres. Tinha 4 fogos e ainda era habitada na decada de sessenta do seculo passado.
Provavelmente tambem tera sido fundada ou habitada por judeus conversos, pois algumas familias que ai residiram tem apelidos que indicam origem judaida; como por exemplo o dos meus bisavos: Almeida (Pratas) e Espirito Santo.
Assim como a Aldeia das Cortes tambem esta quinta, nao tem nem nunca teve nada que a relacione com a religiao crista; nem sequer um singelo cruzeiro.
Esta quinta fica sensivelmente a mesma distancia de Vila Cha, de Algodres, de Cortico e de Figueiro da Granja embora esteja incluida no termo desta ultima.
Como referi ai viveram os meus bisavos, ate que tendo construido a residencia na Povoa do Crasto para la se mudaram. (sendo pessoas relativamente ricas para o meio, tinham a obseccao de viver longe da antiga vila de Figueiro) Mais tarde tambem ai residiram os meus avos paternos e ai nasceram dois dos seus filhos, sendo ainda hoje propriedade de um dos meus tios o que resta da antiga casa familiar.
Esta quinta a partir do seculo XVIII passou a designar-se por Quinta do Mateus porque para ai se mudou um natural de Vila Cha de Algodres de nome: Jeronimo Mateus. E interessante o facto de como esta pequena povoacao mudou o nome so pelo facto de para ai se ter mudado esse senhor Mateus, sem querer afirma-lo suponho que tera sido pessoa importante e o apelido "Mateus" denota ascendendencia Hebraica.
Tambem nas imediacoes existem propriedades de uma outra familia da minha terra de apelido Almeida mas que nao sei se estara relacionada com o meu bisavo e de uma outra de apelido Ribeiro, duas geracoes mais tarde por coincidencia ou nao, uma senhora da familia Almeida casou com um irmao do meu pai.
Podem ser puras expeculacoes e coincidencias mas tudo me leva a crer que tal como a Aldeia das Cortes, esta Quinta das Paradeiras mais tarde chamada "do Mateus" tambem foi fundada por cripto-judeus. Hoje encontra-se como ja referi desabitada e em ruinas.

Sem comentários: