terça-feira, julho 18, 2006

TERRORISMO E JUDEUS

Ha varios dias que tinha pensado em expor as minhas ideias sobre este assunto, provavelmente irei ser mal compreendido, mas nao deixarei de toda a maneira de expressar-me.
Todos sabemos que a zona em que se encontra Israel e a Palestina, (nao seram um so?) tem sido lugar de guerras desde os tempos mais longinquos, Babilonios, Persas, Gregos, Romanos, Judeus, Cristaos e Mussulmanos, para so falar em alguns, lutaram pela posse de uma terra arida e desertica, porque?
Diz o Dr. Saraiva (a alma e a gente) que muitas dessas lutas, foram originadas porque por essa regiao passavam as especiarias vindas a India e China e, todos queriam controlar essa zona, e obter lucros com esse comercio. Parece que ate as cruzadas foram com essa intencao, embora usado o nome de Cristo para justifica-las.
Se agora nessa area nao existem riquezas e nao e uma area estratregica, (ou sera) Porque se continua a lutar e a morrer por la?
Compreendo ate certo ponto a inveja, que os judeus podem desencadear ao tornarem desertos aridos em jardins, mas nao seria preferivem copiarem-lhes o exemplo e fazer o mesmo? A Jordania governada por um rei que aprendeu com o Ocidente, ja esta a fazer isso mesmo.
Nao me admira que os comunistas, comunistoides e outros liberais que pensam terem sempre razao, estejam ao lado dos palestianos e Hesbolahs terroristas pois esses estao sempre do lado oposto da razao.
A esses eu so queria que me explicassem claramente, que creem que deveria fazer Israel ou outro pais com dignidade, quando le explodem autocarros e mercados creios de gente, quando lhe raptam os seus soldados e quando lhe bombardeiam com misseis as suas cidades?
Talvez eles nao o digam mas creio que preferiam que um pais democratico e livre desse lugar a outro em que o extremismo religioso coata-se esses valores, ou ate exterminar a raca judaica, como ja o tentaram outros.

35 comentários:

Weisswurst disse...

Em primeiro lugar, vocês Judeus, não têm moral para falar em aproveitamento económico feito pelo cristianismo ou outra religião qualquer: Ninguém o fez, faz e fará, de forma tão eficaz como vocês.
Quanto ao deserto árido e carente de recursos naturais, que Israel ocupa, faz-me lembrar donde virá o dinheiro, para comprar armas e manter o exército melhor treinado do mundo.
Em terceiro lugar, relativamente aos comunistas que se colocam ao lado dos Palestinianos, devo dizer-lhe que eu, apesar de me situar politicamente no outro extremo do comunismo, continuo ao lado dos Palestinianos, ou ao lado de qualquer nação que seja invadida e oprimida por um "país" poderoso como Israel.
E finalmente, Judeu não é raça e quanto ao "extermínio" que supostamente os judeus foram alvo, podem dar graças ao vosso "Deus" de Abraão, pois continuam a receber frequentemente avultadas somas em nome de um extermínio, que é cada vez menos acreditado pela população mundial...

CumprimentoSS!

al cardoso disse...

Caro(a)Weisswurst:

Em primeiro lugar quero agradecer-lhes as amaveis palavras que me dirigiu.
Seguidamente quero informar que eu nao sou judeu, embora suspeite ter sangue dessa nobre raca, resultado como sabe das politicas seguidas pela religiao Catolica Romana que tanto defende, aquando das conversoes forcadas e da bendita "santa inquisicao".
Quanto aos recursos que os judeus tem para comprar armas, tera que perguntar-lhes a eles, assim como deve perguntar tambem de onde vem as que os palestinianos possuem quando sao muitissimo mais pobres que Israel.
Pois continue ao lado de que voce quiser a ver se a mim me importa, por isso vivemos em democracia, coisa que impera tambem em Israel, ao contrario da maioria dos paises arabes.
Felizmente vejo que como professando a religiao crista, tem um enorme conceito de solidariedade, so que e tendencialmente so para um dos lados.
Passe bem com o seu odio, em que posso tambem perceber um pouco de inveja.
Venha por ca sempre que desejar, mesmo a falar contra, aqui ha liberdade.

Shalom, isto e em resposta ao seu SS final.

RPM disse...

al cardoso....

desculpa-me, mas o teu texto é uma preocupação mas não é, de todo, um texto sólido....

a questão palestiniana e judaica vem do tempo da ocupação inglesa e do abandono inglês das terras do Médio Oriente.

Se conheces o filme Lawrence da Arábia, interpretado por Peter O'Toole, lá tens a resposta muito simples do conflito israelo-palestiniano.....

A Palestina existe como Estado mas não como Nação. A Judeia existe como Estado mas não como Nação....

a religião é um elemento mais nesta luta de ocupação de um território mais ou menos arável....

Os Judeus acham-se, desde o holocausto como sendo vítimas...mas eles manipulam a economia mundial...vê quem controla a economia americana.....

abraço

RPM

Joaquim Baptista disse...

Caro Al, não percebo como num mundo cada vez mais desenvolvido e em que são explicados e esmiuçados os episódios da história, existam por aí certa raça de gente que em primeiro lugar nem sequer sabem quem são nem o que dizem. Por em causa o Holocauto é por em causa Descartes e tudo o que é visível e invisivel. Na minha opinião nesta crise a culpa vai todinha para o governo libanês. Afinal o que faz o exército desse país. Quem é o Hezbolah?Porque o Libano não baniu nem desarmou essa milicia extremista?Quanto à Siria e ao Irão toda a gente sabe das relações. A propósito da riqueza dos judeus, ela provem do trabalho e não da mera exploração de campos de petróleo que só enriquecem a elite medieval do Islão e não tráz progresso a esses países.

Shalon

al cardoso disse...

Caro RPM:
Claro que conheco o comeco das tensoes entre palestinianos e judeus, tambem sei que ate hoje os palestinianos, ainda nao aceitaram Israel.
Olhe se quer que lhe diga se nao houvesse extremismos de parte a parte, ali so haveria de haver um unico pais democratico em que todos tinham lugar, infelizmente e uma utopia, quem sabe um dia, mas com os novos extremismos vindos das bandas do Irao, esse dia estara cada vez mais distante.

Caro Joaquim:
felizmente, vejo que nao sao todos a discordar de mim.

Um abraco.

weisswurst disse...

Al Cardoso,

Gostaria de lhe re-lembrar que JUDEU, não é raça.
Relativamente à minha religiosidade, lamento informa-lo, mas os seus dogmas pré-concebidos acabam de atraiçoa-lo: Considero o Cristianismo um ramo de uma árvore cujo tronco é o Judaísmo. Essa árvore, no meu entender, é a fonte de todo o mal existente neste planeta. Portanto, Judaismo e Cristianismo, é tudo farinha do mesmo saco. Que venha o diabo e esolha, porque eu, como europeu, prefiro continuar ateu e não enveredar por uma religião que nunca teve nada a ver com a europa milenar.
Quanto ao ódio, sim, tenho algum, mas perco aos pontos, quando comparado com o que emana da Tora! Não é assim, Sr. "Pertencente ao Povo Eleito"?

Baptista,

"A propósito da riqueza dos judeus, ela provem do trabalho"

Muito obrigado por me ter porporcionado excelentes gargalhadas! Mesmo apesar da monstruosa iliteracia que por aí paira, acha realmente que conseguirá enganar alguém?

Quanto ao holocausto, gostava de lhe por a seguintes questões:

Se o Holocasuto é uma verdade tão inabalavel (ao ponto de o comparar às permissas de Decartes), porque diabo, serei preso apenas por fazer 1/2 duzia de questões sobre esse tema, na Alemanha, França ou Austria?

Ou será que ainda vão prender o cientista português João Magueijo, por questionar (ou deitar por terra, segundo alguns colegas), a Teoria da Relatividade de Albert Einstein?

Sabia que as famosas câmaras de gás em Auschwitz foram reconstruidas pelo exército soviético aquando da sua libertação?

Deixo-lhe com estas perguntas de retórica, que, como o próprio nome indica, não carecem (felizmente para você)de resposta.

Joaquim Baptista disse...

Caro WWSS

Vá chamar iletrado a quem lhe fez a cara que você não quer assumir, deve sentir-se horrivelmente e deve ter fobias só de se olhar ao espelho. A propósito quando ler história não se dê ao trabalho de ler livros esquisitos e de autores que actuam sobre pseudónimo para não cairem no ridiculo. Tenha juízo, que talvez já tenha idade para o ter e aprenda a respeitar as pessoas. Dê a cara se é Homem, porém deve estar escondido a fazer alguma traquinice

weisswurst disse...

Tenha lá calma, homem!

Eu não lhe chamei iletrado, apesar de demonstrar não saber ler correctamente um texto.
Quanto a dar a cara, ainda não arranjei uma foto catita igual à sua. Prometo coloca-la aqui, assim que a arranje.
E por falar em livros "esquisitos" posso aconselha-lo um historiador/escritor/caçador de nazis, chamdo Simon Wiesenthal que, segundo o próprio "caçou" mais de 1000 criminosos de guerra. Este eloquente senhor (que deus guarde a sua alma), continuou a afirmar que, durante a 2 Grande Guerra, foi fabricado SABÃO através dos cadáveres dos judeus. Apesar desta barbaridade ter sido desmentida por vários historiadores (incluindo a judia Deborah Lipstadt), O Sr. Wiesenthal morreu, sem desmentir tal boato.
Outro livro interessante é o do director do museu de Auschwitz (Franciszek Piper), onde reduz o número de mortos nesse campo, de 4 para 1,1 milhões. Dando razão a muitos historiadores revisionistas que anteriormente tinham alertado para esse exagero.

Como vê, não preciso de ler livros esquisitos para questionar o Holocausto: Bastam-me os vossos.

CumprimentoSS!

Bel disse...

Na guerra e no terrorismo ninguem tem razão.
Nem palestinos nem judeus são mais ou menos vitimas. Sempre que morre um judeu não pode só por retaliação morrer um palestino.
boa semana

Lord of Erewhon disse...

(Weisswurst... VAI-TE FODER!!)

Amigo, Al... tenho pensado muito sobre o recente ataque ao Líbano... Numa primeira análise, é, sem dúvida, péssima estratégia... e Israel parece estar a deitar muita coisa a perder... inclusivé o apoio do Ocidente... Mas, depois, há que pensar num contexto mais amplo: Lembram-se do programa nuclear do Irão? lembram-se da tesão do mijo do Bush? lembram-se do volte de face? Lembram-se? Eu lembro-me! Israel subiu a parada... É discutível, como é óbvio... mas em termos estratétigos não me deixa dúvidas: os Israelitas estão à espera que o Irão ou a Síria tomem uma atitude... Israel quer «resolver» o programa nuclear iraniano! Não os posso censurar.

Paz e sabedoria!

Lord of Erewhon disse...

(Weisswurst... VAI-TE FODER DE NOVO!!)

Lord of Erewhon disse...

(Weisswurst... VAI-TE FODER DE NOVO E DE NOVO ATÉ QUE DEUS, NA SUA INFINITA MISERICÓRDIA, SE DECIDA A TRANSFORMAR-TE NUM SUÍNO, ANIMAL INCOMENSURAVELMENTE MAIS NOBRE E INTELIGENTE DO QUE TU!!)

Lord of Erewhon disse...

Peço-lhe desculpa, amigo Al... mas só sou de paz para quem é de paz.
Abraço.

Klatuu o embuçado disse...

Monte de merda nazi... não vale a pena vires poluir o blog deste cavalheiro por minha causa... tenho dois blogs e um machado!
(Aliás, sabe-lo bem... porque foi a partir deles que aqui chegaste... monte de merda!).

weisswurst disse...

LOL

Ó lenhador, acabei de ver agora o teu "blog" e fiquei com uma enxaqueca do caraças! aquela fonte é mesmo ilegível. Mas devo reconhecer que foi uma boa opção, pois assim, vai haver pouca gente a ler os teus eloquentes ensaios, e ainda passas a ser visto como um intelectual!
Quanto ao resto, podemo continuar com as vossas lamentações lamechas, que é isso que vocês sabem fazer bem.
"Ai que desgraçados que somos", "somos perseguidos há 5000 anos" (porque será?). É assim tipo, um telejornal da TVI, com a particularidade dessa televisão receber MUITO menos dinheiro, ao enganar o povo com as suas novelas...

CumprimentoSS
Sieg Heil!

Ah! E nunca se esqueçam que "O Trabalho Liberta"

Klatuu o embuçado disse...

O teu problema tem solução... e ela chegará.

Alex disse...

Dá-me vómitos tudo que é fanatismo político e/ou religioso.

Ainda mais enojado fico com anormais quem vive em países minimamente democráticos e que seguem ideais nacionalistas ou vivem a religião com fundamentalismos - só podem ser básicos.

Há que dar caça a esses animais antes que façam merd...

RPM disse...

Amigo Al!

è pena que os comentários tenham resvalado para a baixeza das opiniões. Eu já fui uma vítima inocente de uma guerra no nosso país e estes indivíduos falam, se calhar, a partir de ideias criadas por observação televisiva de acontecimentos militares....

Volto a repetir! A Palestina e a Judeia são pequenas regiões habitadas por tribos nómadas que depois se sedentarizaram. Essas tribos são as denominadas por 'as Tribo de Israel' que Moisés as levou até às portas da nação de Deus.

Sou contra qualquer género de fanatismo onde os civis são a moeda final de retaliação. Os ataques cirúrgicos contra as posições do Hezbolah não têm o efeito desejado porque infelizmente as balas não são tão precisas como sos israelitas o desejam....

mas o conflito continuará enquanto existirem fanáticos e interesses económicos a defender.

Israel está toda envolvida por inimigos e estão sempre em alerta máximo....por isso deterem a melhor polícia do mundo: A Mossad.

No entanto, no filme Munique de Spielberg há lá uns 2 ou 3 momentos muito interessantes e que o realizador toca, onde se vê que o fanatismo não é, só e apenas, dos palestinianos.

Também há mães israelitas que sofrem porque os seus filhos têm que fazer trabalho sujo.

abraço de amizade

RPM

al cardoso disse...

Caro RPM:

Eu infelizmente tambem ja estive no meio de uma guerra e sei que as balas e os misseis, nao tem rotulo destinatario e muitas vezes apanham inocentes. Nao sou a favor de guerras nem de terrorismos sejam eles de que lado for, mas vejo que por necessidade de sobrevivencia Israel tem que se defender e, quando se esta rodeado por paises que abertamente dizem que querem exterminar esse pais nao havera muito a fazer, nao cre?

São Bento disse...

Caro Al Cardoso,

Antes de mais parabéns pelo seu texto e pelo Blogue de uma forma geral. Não podíamos estar mais de acordo, como o leitor poderá constatar no meu Judiaria de São Bento - casasaobento.blogspot.com .
Depois li os comentários deixados por esse Weiss... Suponho que deve ser WeissMula! Será?

O negacionismo é próprio de gente ignorante e os dislates desse Weiss são tantos que só me despertam pena. Infelizmente é gente que tem vergonha de dar a cara, esconde-se a coberto da ofensa gratuíta ou só ataca na cobardia. Mas como o weissmula há muitos por aí. Ah..e quanto ao SS...eu já desconfiava...agora tenho a certeza: Sou Saloio. Touché!

weisswurst disse...

Vocês são tão civilizados, e as vossas opiniões são tão eloquentes, que ainda não vi nenhum argumento decente. Pelo contrário, só insultos cobardes. Acho também muita piada, quando vocês "dão a cara" através de uma fotografia. Curiosamente, nunca vi essas lindas caras, quando participo em actividades nacionalistas NA RUA. Estão lá os antifas habituais, mas dessas caras não me lembro... Deve ser da maquiagem...

Quanto ao Holocau$to, de certeza que já li e investiguei muito mais material que vocês todos juntos. Portanto, se quiserem discussão séria e sem insultos, é onde e quando quiserem... Adoro violência argumentantiva.

weiswurst disse...

Parabéns pela perspicácia, São Bento! Você deve ter muito melhor futuro como detective do que como blogueiro... lol

al cardoso disse...

Caro weiswurst:

Ja sabemos qual e a sua opiniao, pelo que nao estamos interessados em continuar com a polemica levantada pelo cavalheiro.
Alem disso se bem reparou, o "post" foi sobre o conflito Iraelo-Arabe e nao foi sobre o Holocausto. Alem disso as pessoas que nao se identificam, embora nao sejam regeitadas, nao sao muito bem vindas.
Passe bem.

weisswurst disse...

Não sei porque tanto alarido quanto à "identificação". Para mim, vale tanto um "weisswurst" sem hiperlink como um "al cardoso" com hiperlink.

Quanto ao holocausto, até lhe dou razão. Realmente, não é propriamente tema do tópico. De qualquer modo, e uma vez que considera o assunto da "negação do holocausto", tamanha monstruosidade ignorante, deixo aqui o desafio para que crie um tópico para discutirmos CIVILIZADAMENTE e SEM INSULTOS esse tema. Aposto que os leitores do seu prezado blog já estão em pulgas para demonstrarem a sua capacidade argumentativa e deitarem por terra as minhas blasfémias... Aceita?

Klatuu o embuçado disse...

Hoje usa-se o conceito de «terrorismo» num sentido múltiplo e pouco definido... Quando se fala em «terrorismo», de um modo geral, vem às cabeças das gentes grupos isolados que actuam na sombra... Pois... os tais «terroristas» têm no Líbano múltiplos bunkers, plataformas de lançamento de mísseis e um verdadeiro exército regular! São tão indefesos - pobrezitos - que estão a criar imensas dificuldades no terreno a um dos mais aptos exércitos do mundo: o israelita. (Os territórios não se ocupam com bombardeamentos...).

P. S. Quanto ao cagalhoto nazi... não vale a pena. A criatura não tem cérebro, tem um vazadouro de lixo propagandístico, além disso é um frustrado semi-idiota. A sua maior alegria é ver-se rodeado de matulões carecas. É também um cobardolas verborreico... o barco começou a abanar... é ver os ratos a fugir... a acabar com os bloguezitos adolescentes, a mudar o servidor do «grande» Fórum Nacional - em que se discute temas políticos tão «importantes» como home videos de foda entre brancas e pretos, etc. A desratização está em curso... daqui a um ano ouviremos falar muito menos destes «bravos» lusitanos....

Abraço, amigo Al.
Paz e sabedoria!

Klatuu o embuçado disse...

CITO: «Acho também muita piada, quando vocês "dão a cara" através de uma fotografia. Curiosamente, nunca vi essas lindas caras, quando participo em actividades nacionalistas NA RUA. Estão lá os antifas habituais, mas dessas caras não me lembro... Deve ser da maquiagem...»

Sabes porquê, idiota? É que a cidadania não é um filme Z sobre a II Guerra Mundial... não há os «pró» e os «anti»... há algo que se chama Civilização, ou seja, a procura incessante da liberdade, do conhecimento, do respeito pela dignidade humana e o grande thelos de todo o progresso humano: o Sumo Bem... que é perfeição, paz e igualdade absoluta entre todas as criaturas!
Mas no meu paraíso não há lugar para dejectos humanos como tu! Tu conspiras para o genocídio de mulheres, crianças, deficientes, homossexuais, etc, etc, etc... a partir de um fundamento psicanaliticamente claro: és tão banal e desprovido de talento e valor, que a única coisa que julgas ter de importante... É TERES NASCIDO BRANCO!
(Deixa que te diga um segredito... é por causa de impotentes como tu que as gajas adoram pretos...)

VIVA EL REY!
VIVA PORTUGAL!!

Klatuu o embuçado disse...

P. P. S. Não sei se reparaste, cretinóide, mas ao linkares o blog deste SENHOR a partir do teu nick de cobarde... cometeste um crime, que tem moldura penal prevista.
Se todos os marginalzecos fossem tão patetas como tu... quase poderíamos dispensar as polícias... bastar-nos-ia cidadãos inteligentes e responsáveis.
Fecha mas é a fossa.

Alex disse...

Estas bestas apesar de serem apanhadas pela polícia continuam à solta. A culpa é dos senhores juízes, da porcaria das leis que temos ou de ambas as coisas.
Hoje foi libertado do líder da frente nacional - Mário Machado.
Apesar de terem sido provado os crimes de extorsão, sequestro e posse ilegal de armas, apenas lhe aplicaram: 3 anos de prisão com pena suspensa por quatro.

ritanery disse...

Não têm mais nada com que se preocupar???
Desculpe mas fiquei de tal modo nervosa ao ler slguns dos seus textos que só isto me apetece perguntar!Isto não se está a tornar numa discussão construtiva, mas em palavras soltas que só servem para magoar, provocar...Quem é que sabe mais de quem?
É audaz em tomar posições tão extremistas, mas a audácia nem sempre significa inteligência.
Deixe o passado, que não o viveu, deixe-se de especulações e viva o momento, o presente, tentando sim que este seja melhor. Ou então vá para o centro da confusão, e aí já poderá ter algo mais de concreto a dizer...
Sou professora de História, e não, não tenho opiniões formadas sobre muita coisa. Nem quero ter, sabemos lá nós!!
Mais uma vez desculpe e fica a promessa que não voltarei a comentar...

Klatuu o embuçado disse...

A solidariedade «profissional» tem caminhos tão interessantes...

«O olho que tu vês... vê-te.»

Klatuu o embuçado disse...

«Deixe o passado, que não o viveu, deixe-se de especulações e viva o momento, o presente, tentando sim que este seja melhor.»

«Sou professora de História, e não, não tenho opiniões formadas sobre muita coisa. Nem quero ter, sabemos lá nós!!»

«Um país sem memória é um país de loucos.»
George Santayana

«O mais profundo e único tema da história humana, comparado com o qual todos os outros são de menor importância, é o conflito entre o cepticismo e a fé.»
Goethe

«A falsa história é feita todos os dias e em cada um, a verdade do novo nunca aparece nas notícias.»
Adrienne Rich

«Qualquer homem que acredite que pode mudar a história, é porque nunca tentou escrever as suas próprias memórias.»
David Ben Gurion

weisswurst disse...

Pois... bem me parecia! Quando não há argumentos, passamos à agressão verbal, que fica sempre bem e dá a impressão que se percebe muito do assunto.

César de Oliveira disse...

é melhor começar por dizer que sou de direita e pró israel, para dizer que a crítica do alinhamento pró palestiniano à esquerda (se é isso que queria dizer) é relativamente injusta, na medida em que nos estados unidos, por exemplo, os tais "liberais" (ou democratas), são praticamente consensuais no apoio inequívoco a israel.

cumprimentos

Klatuu o embuçado disse...

Weisswurst... vais chorar?
Pede à PSP que te proteja!

David Casses disse...

Caríssimos Srs.

Não dêm importância para esse nazistóide que não tem coragem nem de se identificar. Acho melhor bloqueá-lo para parar de dizer bobagens. Não importa que meus irmãos que morreram no holocausto sejam 6 milhões ou 6 mil o que importa é o racismo, a discriminação aos judeus, negros ciganos, adventistas do 7º Dia e outros que o perdedor nazi alemão perseguiu.Se Israel não fosse bem armada já tinha sido aniquilada pelos seus vizinhos. Pra mim a culpa do problema Palestina-Israel é da ONU desde a partilha que nunca deu o apoio necessário aos árabes para construirem seu país. Hoje não teriamos essas guerras e tantas mortes de civis de ambos os lados.Os EUA ajuda Israel não é por caridade mas por interesse geográfico estratégico da região onde Bush tem interesses comerciais no ramo do petróleo de empresa familiar.Enfim, é o di nheiro e o poder que provocam as guerras e quem sofre são os civis.
Shalom a todos
David