quarta-feira, março 22, 2006

CAPELA MEDIEVAL da Na. Sa. DA ESPERANCA


Situada na freguesia de Casal Vasco, concelho de Fornos, fica esta capela da Senhora da Esperanca. Foi outrora propriedade da familia Caceres, com solar nesta mesma freguesia. E uma bela capela com ameias, que datara dos fins do seculo XIV e nela, foi instituido um vinculo daquela familia, que por essa altura foi senhora da vila de Algodres. Embora nao possa ilustrar com nenhuma fotografia este facto, posso informar que esta capela conserva varias pedras com siglas de pedreiro, coisa muito usual na idade media.

Nenhum dos trabalhos publicados ate ao dia de hoje, acerca da regiao de Algodres, faz referencia a este senhorio dos Caceres que eu descobri acidentalmente.
Foi concedido em finais do seculo XIV, a Alvaro Mendes de Caceres, pelo rei D. Fernando. Em 1400 era ja senhor de Algodres: Luiz Mendes de Caceres, tendo continuado o senhorio com o seu filho com o mesmo nome do avo, de que ha documentacao em 1430.
A familia Caceres e originaria de Castela (provavelmente da provincia do mesmo nome, ou das Vascongadas) Tendo sido Goncalo de Caceres, duas geracoes antes do primeiro titular, quem assentou o solar no Casal Vasco, que outrora se identificava como Casal Vasio.

Esta capela era ate recentemente, propriedade da Casa da Insua, em cuja familia se extinguiram os Caceres, Creio que no seculo XVII. Presentemente e propriedade da paroquia, a quem foi doada por aquela Casa, tendo sido recentemente restaurada.
Pela sua antiguidade e arquitetura, bem poderia e, deveria (digo eu) figurar na lista de monumentos de interesse publico, do nosso concelho de Fornos de Algodres.

3 comentários:

eduardo disse...

Bom dia.

Vim saber de novidades e actualizar o que descobres sobre Algodres.

Como sempre, saio mais conhecedor dessa terra de que tanto gostas e defendes.

Um abraço.

O Micróbio II disse...

Hoje o Micróbio faz anos... :-)

TSFM disse...

Linda Capela. E mais uma vez os meus parabéns pela investigação que fez ao descobrir a afmilia do Cáceres, com Senhores de Algodres. Quanto à questão da classificação, existe em Fornos o GAFAL, Gabinete de Arqueologia de Fornos De Algodres, que o amigo Al pode contactar e lembrar a questão.