segunda-feira, agosto 06, 2007

"Casa Quinhentista, ou Seiscentista?!"



A vila de Fornos medieval e moderna, para alem das casas e solares das chamadas "famílias nobres", (e são bastantes, para vila tao pequena) era um aglomerado de casas pequenas e humildes. Sendo ate recentemente aquelas famílias, os proprietarios da quase totalidade das terras regionais, os outros habitantes trabalhavam para estes, nunca conseguindo grandes proventos, para construírem grandes casas e muito menos com registos artísticos.

Também nunca foi uma localidade com grande comercio, pelo que a pequena burguesia era constituída pelos vários artezaos, muitos dos quais deveram ter sido judeus. Passo a destacar: Os Tamanqueiros, sapateiros, alfaiates, latoeiros, cesteiros, ferreiros, oleiros, etc.

Alguns destes profissionais teriam alcançado algum folgo financeiro, construindo casas já com alguma grandeza e com alguns registos artísticos.

Passo a apresentar-vos uma residência, que conserva lenteis tanto no portal como numa janela, interessantes e definitivamente quinhentistas ou seiscentistas. Embora suponha que terá sido originalmente propriedade de algum judeu, em vão lhe procurei alguma evidencia, mas devido ao facto de ter sido reconstruída recentemente, impossível me foi a tarefa! (Vendo melhor quer-me parecer ver uma pequena cruz, no lentel da janela, que relacionaria a casa com "cristãos-novos"!)

Embora possa estar errado, decidi no entanto apresentar aos meus amigos estas fotografias, para sublinhar o facto de na recuperação da casa, o seu proprietario ter decidido e muito bem salvar e resalvar na construção estas pedras tão antigas!

Creio que este exemplo deve ser apresentado, para que em futuras e desejadas re-construcoes de varias casas em ruína, mas com valor histórico, principalmente na Rua da Torre, lhe seguissem as pisadas.

4 comentários:

Joaquim Baptista disse...

Caro Al, eu penso que os lintéis são quinhentistas.

Abraço

joaquim

al cardoso disse...

Caro Joaquim:
Tinha ca as minhas duvidas, mas devido ao seu comentario, decidi corrigir o titulo do "post".

Um abraco.

asn disse...

Indo eu a caminho dum sítio do Al Cardoso aqui cheguei.
Claro, fico boqueaberto, não me podendo arrogar o direito de opinar se se trata de edificações originariamente de quinhentos ou de seiscentos. Mas que me fizeram lembrar a sensação granítica e histórica com que se fica quando se anda por essas paragens, lá isso é uma verdade que posso testemunhar.
Espero que esteja tudo a correr de feição por essas bandas de New Jersey. Cumprimentos à esposa e um abraço ao filho (que não se preocupe com a foto que lhe tirei...eheheheh).
António

aminhapele disse...

A partir da fotografia é difícil fazer um juízo mais acertado.
Diria que tem "restos" quinhentistas.
Qualquer "mês",no local,dou-lhe uma opinião mais fundamentada-
Um abraço.