terça-feira, maio 29, 2007

As Rosas da Minha Vida!




"Rosas do meu quintal, neste final de Maio"

Desde os meus mais tenros anos, que comecei a gostar de rosas, o primeiro poema (se e que se podia chamar poema) escrevi-o com nove anos, e foi sobre o "Milagre das Rosas", como sabem nele esteve envolvida a Rainha Santa Isabel, que nao e so a padroeira de uma cidade que adoro: Coimbra, como tambem e a patrona da igreja da Gabela, Angola, cidade que me viu crescer.

De Coimbra gosto muito,e de muitas coisas, mas e principalmente do fado coimbrao, que tao bem foi interpertado e tocado pelos; Antonio, Francisco e Horacio Menanos, que eram naturais do meu municipio, mas com isto ja me ia a esquecer das rosas.

Porque gosto de rosas mesmo sem ser grande jardinheiro, tambem cultivo algumas especies, nesta especie de quintal que tenho por traz da minha casa, aqui onde resido.

Tambem foram as primeiras especies florais que plantei, na minha casa portuguesa, que se encontam um pouco abandonadas, pois so ai tenho ido uma vez por ano, com a excepcao infeliz do ano passado.

As rosas sao faceis de tratar; podas, regas e algum fertilizante e todo quanto necessitam, sao lindas e so tem um defeito que sao os espinhos. E como a vida, que nao tinha beleza nenhuma, se nao tivesse tambem alguns espinhos


11 comentários:

JL disse...

Bonitas as rosas! Há quem diga, amigo AL, que são os espinhos que têm rosas e não o inverso! :-)
Um abraço

aminhapele disse...

E são bonitos,esses exemplares.
Mas há um dito,sempre verdadeiro:
"Não há rosas,sem espinhos".
Um abraço,aqui da minha terra,Coimbra.

GreenSky disse...

Lindas rosas...

O Micróbio II disse...

Coimbra deixa sempre saudades... eu conto com 6 anos magníficos de vivências inesquecíveis.

Joaquim Baptista disse...

Essa é também a paixão da minha "patroa"

Abraço

Tozé Franco disse...

A vida é como as rosas: não a há sem espinhos.
Bonitas rosas.
Um abraço.

Pete disse...

This comment has been removed because it linked to malicious content. Learn more.

Eddy Nelson disse...

Caro al

As rosas são de facto uma flores cheias de beleza e simbolismo. É a flor simbólica mais utilizada no Ocidente. A rosa é uma das flores preferidas dos alquimistas, cujos tratados se intitulam muitas vezes "roseiras dos filósofos".

Um abraço raiano

nuno disse...

Belas rosas!
Um grande abraço,

nabisk disse...

Saúdades

RPM disse...

óh amigo D'algodres!

então é angola e não dizia? Pois, eu sou do Dondo - Quanza Norte...terra da humidade e dos mosquitos e ponto de passagem do norte para sul e leste......

e a minha padroeira era a Nossa Senhora......

bem...e de rosas falando

um abraço fraterno

RPM