quinta-feira, maio 04, 2006

UM OU VARIOS POLOS EDUCATIVOS

AQUI d'ALGODRES
Sendo eu defensor de descentralizacao de servicos, pelas regioes e municipios, nao poderia estar a favor de uma ideia que esta a germinar, (ou ja germinou) que e construcao de um unico polo educativo, para o primeiro ciclo escolar, situado na nossa sede concelhia e, englobando todo o municipio.
Sei que cada vez ha menos criancas e, contra isso nao se podera fazer muito, a nao ser fazer mais, mas estando Fornos de Algodres situada num extremo do concelho, sera sempre muito mais penoso para as criancas das freguesias mais distantes, a sua deslocalizacao diaria para a vila.
Sei que e muito mais rentavel a contrucao de um unico polo, em detrimento de tres ou quatro, pelo que compreendo que essa decisao, possa ser mais querida por um governo, que poe a poupanca acima do servico aos cidadaos. Mas esperava um pouco mais de sentido pratico e de servico publico por parte da nossa autarquia.
Dir-me-ao alguns que sera benefico para as criancas das aldeias o convivio com as da vila, mas nao me convencem, pois se podera ser verdade nalgumas areas, tambem e verdade que nos meios maiores, ha tambem muitos mais vicios e perigos, neste caso muito mais agravados quando as criancas ficam longe do meio familiar, com quem teram umas muito poucas horas de convivencia diaria.
Nao sei se se estara ainda a tempo de mofificar esta ideia peregrina, nem sei se alguem que pode fazer a diferenca me lera, no entanto nao deixo por isso de aqui deixar o meu grito de alerta.
Peguem num mapa e vejam se nao fara todo o sentido, um polo na parte alta do concelho; englobando as freguesias de: Infias, Casal Vasco, Algodres e Matanca; outro incluindo: Queiriz, Maceira, Sobral Pichorro e Fuinhas; enquanto Cortico, Vila Cha, Muxagata e Figueiro da Granja ficariam englobados noutro; ja Vila Soeiro do Chao, Juncais, Vila Ruiva e ate Vila Franca da Serra, constituiriam um outro; continuando o polo de Fornos a servir a vila e Fornos Gare.
Talvez com isto ja se nao justifica-se, a construcao de uma maior escola nova na vila, pois as instalacoes da actual e do jardim infantil proximo depois de melhoradas serviam muito bem e ate nao sao edificios tao antigos, mas provavelmente interessa muito mais e continuar a politica do betao e dos seus interesses. Mas que faz muito mais sentido essa distribuicao faz, que num futuro ate poderia ser um ponto de partida para a reorganizacao das freguesias.

3 comentários:

Ana Cota disse...

Muito obrigada pelo seu comentário no meu Pechisbeque! Gostaria de lhe dizer que adoro o seu blog, pois interesso-me imenso pela cultura e civilização judaicas. O seu contributo é, sem sombra de dúvida, notável no sentido de alargar o conhecimento acerca da presença judaica nesta região, trilhando novos e estimulantes percursos! Muitos parabéns!
Ana Cota

al cardoso disse...

Bem haja cara Ana. Eu vou muitas vezes ao seu blog, o qual tambem gosto muito, embora possa nao deixar rasto.

Um abraco beirao.

Zel disse...

Concordo que demos pensar sempre nos custos de qualquer acção, mas, quando se fala em termos sociáveis, não se deve pensar ou agir, sem esquecer as crianças e os idosos, é quem mais sofre com isto..

Obrigado pelo apoio

Grande abraço (isto de escrever à esquerda é complicado)