sexta-feira, maio 12, 2006

PENEDO de ALVIDEIRA



Situado junto a estrada que de Vila Cha vai para Muxagata, encontra-se este monolitico granitico. Embora presentemente se encontre rodeado, por uma serra praticamente despida de vegetacao, ainda ha menos de duas decadas, estava rodeados de pinhais frondosos.
Por ironia do destino, arderam todas as arvores em redor, ficando unicamente aquelas nascidas no topo do penedo (ou "penedro" como diz o nosso povo).

Esta fraga esta situada numa propriedade da minha familia e, sobre ela corre a lenda; De que em seu interior, esta escondida uma moira encantada, que unicamente dali sai em noites de lua cheia. Embora eu ja estivesse junto da pedra, em noites de lua cheia, nunca tal moira me apareceu, mas quem sou eu, para desmentir as lendas populares.

Nunca ate hoje, consegui descobrir, qual a origem do nome do penedo, sera que tera algo que ver com a "moira", ou com a brancura dos seus trajes?

7 comentários:

hala_kazam disse...

se calhar ela nao saíu por isso ...tavas a montar guarda...nao sabes que os espiritos gostam de andar sem ser vistos... :)


*beijos*

mao morto disse...

Na Serra da Estrela, perto da Torre, há um penedo onde alguns procuram contactar seres extraterrestres. Fazem vigílias nocturnas e escreveram no rochedo frases como "AMY VEM" - Amy parece-me um nome simpático para um extraterrestre.
A moira de Alvideira nunca foi vista... estaremos perante um caso de "alien abduction"'

TSFM disse...

Então o meu amigo Al queria ver a moira, hem?

al cardoso disse...

Para a proxima vou ver se faco a espera mais disfarcadamente.
Faco votos que nao venham escrever nada neste nosso penedo.
Eu a moira nunca vi, mas que ja me vi a trabalhar como um moiro, isso sim muitas vezes.

Um abraco beirao de amizade a todos.

Chanesco disse...

As fotos, principalmente a primeira, ilustram bem a imponência deste majestoso monumento erigido pela natureza.
Com as secas que tem havido, onde irá aquela singela ávore, arranjar nutrientes para se aguentar de pé no seu posto de vigia, zelando por toda aquela magnífica paisagem.

PS - É pena aquele automóvel ter ficado na fotografia. Se calhar é por isso que a moura não se deixa ver.

Cumprimentos.

Lord of Erewhon disse...

Essa singular árvore faz-me lembrar uma passagem de «Also Sprach Zarathustra» de Nietzsche... «... cresceste acima dos homens e das bestas, por que esperas?», «Pelo primeiro raio.».
Abraço.

Alex disse...

A força da natureza revela-se nesta foto e lugar ...
A madeira desses pinheiros deve ser bem dura e a moira que por lá mora também deve ser bastante densa. Não terá um grama de celulite a mais.
É de esperar que apareça. Deve ser cá uma lasca.