domingo, janeiro 07, 2007

Terras de pedras e de "Pedreiros"


Agora que se vao cumprir quatro anos, sobre a partida deste nosso mundo, do meu sogro. Desejo humildemente prestar-lhe uma singela homenagem e, nela extende-la a todos os pedreiros do meu concelho, vivos os ja nao.


Fornos de Algodres e um concelho granitico na sua plenitude, pelo que o mais normal e a utilizacao deste tipo de pedra, nas contrucoes. Sendo assim haveria que haver profissionais que se dedicavam nao so a explora-la das nossas serras e montes, a fazer o seu transporte, a aperfeicoa-la e finalmente usa-la nas construcoes.


Era e ainda e, mesmo com os novos equipamentos, uma profissao dura e dificil, pelo que nem e de admirar que nao seja apelativa as novas geracoes, embora continuem a ser profissoes rentaveis a de "pedreiro" e principalmente a de "canteiro".


Que melhor homenagem ao "Tio Miguel" de Infias e, a todos os pedreiros da minha regiao serrana, senao mostrar aos meus amigos esta casa, que felizmente ficou propriedade de um familiar meu.

Como podem ver, embora uma casa modesta, possuiu nesta parede tres pedras de dimensoes fora do comum, principalmente a do topo; pois serve de torca (com cedilha) a duas janelas e a uma porta!!!


5 comentários:

Joaquim Baptista disse...

Amigo Al, não há dia nenhum que eu não visite este seu blog, por vezes várias vezes, assim como costumo também visitar os outros dois que possui. Nem sempre comento, é verdade. Neste caso vou comentar a estranha planta que a casa tem, com umas escadarias esquisitas. Coisas de arquitectos?

Abraço raiano

al cardoso disse...

Caro Joaquim:
E uma pequena casa metida entre outras e, as escadas esquisitas foi a forma poder servir varias entradas, so foi pena terem sustituido a antiga escada de granito tosco, por estas de granito polido!

Eu tambem visito o seu blog diariamente.

RPM disse...

meu amigo Cardoso....

por estar em casa dos pais e o computador ser da era do gelo, dos dinossauros...não te enviei as boas festas....

feliz estejas, obrigado pelas tuas visitas e BOM 2007 ....

Paz na Terra!

abraço amigo

RPM

Eddy Nelson disse...

É sempre importante recordar alguém que pelo seu trabalho nos deixou um saber e um conhecimento. O saber da pedra é um dos mais completos compêndios dos oficíos e saberes-fazer tradicionais. A região da Beira Alta merecia uma infraestrutura dedicada a esta memória. Chamar-lhe-ia "A memória dos homens de pedra". Pois toda a arquitectura tradicional da Beira Alta está repleta de extraordinários exemplos.

um abraço raiano

JOANINHA disse...

Há mais granito... e ... mais bonito..em F.d´Algodres! E mais antigo....!!!
AQUI LHE MANDO UMA FOTOGRAFIA.
SAUDAÇÕES RAIANAS.