quinta-feira, setembro 20, 2007

AQUILINO, a monarquia e a minha regiao!


Como monarquico e regionalista convicto, nao poderia deixar passar o facto da transladacao dos resto mortais de Aquilino Ribeiro para a Igreja de Santa Ingracia, sem algumas consideracoes.

Aquilino e um escritor que adoro, nao so porque e natural da minha regiao, (Sernancelhe-Beira Alta) mas tambem porque exprimiu nos seus livros e verdade e dureza regional, usando muitissimas vezes termos "nossos" e ate inventando alguns, num criativismo impar.

Como grande vulto das letras nacionais e ate pela sua luta contra a ditadura anterior, creio que e digno da deferencia que a Assembleia da Republica lhe concedeu.

Tambem e sabida a sua involvencia no regicidio de D. Carlos e do seu herdeiro, ai vejo algumas incongrencias, pois um democrata, deve derrubar governos com os votos e nao assassinar governantes, mas devido a sua idade jovem a altura dos acontecimentos, ate pode ser perdoado, pela minha parte perdo-o, pois quem nos seus mais verdes anos, nao cometeu estupidezes?!
Tambem sei que nutria alguma simpatia para com os judeus, pelo que esta referencia a Aquilino Ribeiro tambem creio que esta justificada!

6 comentários:

aminhapele disse...

Amigo Al:
Aquilino é um Homem de quem todo Portugal se deve orgulhar.
Como agora se diz,isso de ter feito umas "rapaziadas",é um mero detalhe.
É preciso que os lobos uivem!

Tozé Franco disse...

Tempos houve em que o Malhadinhas saía nos exames. Foi assim o meu 1.º contacto com Aquilino. Grande escritor.

Chanesco disse...

Caro amigo Al

Aquilino era um escritor daquela têmpera...

Abraço Raiano

as-nunes disse...

Viva AL
Andava a preparar um post sobre Aqulino Ribeiro. Comecei a interessar-me por esta quest�o da translada�o dos restos mortais desde logo quando a Assembleia da Rep�blica deliberou outorgar esta honra a t�o ilustre escritor da nossa Literatura.
Aconteceu, entretanto, que na minha fam�lia est� em curso um inesperado e repentino caso de div�rcio em que est� envolvida a minha filha e isto est�-me a transtornar bastante.
De qualquer modo sempre quero aproveitar para repetir o que j� aqui deixei escrito. Do meu gosto pela leitura e coment�rio do livro "Batalha sem fim" em que Aqulini retrata com uma fidelidade extraordin�ria a viv�ncia das gentes de Praia do Pedr�g�o. E a verdade � que o pr�prio enredo como que me transporta para os locais e personagens nele descritos.
Um Mestre e justo ocupante do Pante�o Nacional.
Um abra�o
Ant�nio

JL disse...

Olá amigo Al, de facto tenho andado um pouco arredado destas coisas... Enfim, não se pode ter tudo. Mas sempre que tenho um tempinho cá venho vê-lo. Nem sempre deixo marcas, mas venho.
Li com atenção o seu texto e fiquei a perceber que o meu amigo, apesar de ser monarca lá perdoou as envolvências de Aquilino no regicídio... Mas esse perdão tem muito mais a ver com a simpatia que ambos nutrem pela comunidade judaica ;-). Abraço

Meg disse...

Agradeço a visita ao meu blogue, e as palavras simpáticas que lá deixou.Muito obrigada.
Considero Aquilino Ribeiro um dos maiores vultos da nossa Cultura, assim mesmo com letra maiúscula.
Ainda hoje saboreio as suas palavras.
Quanto a regicídio, nunca cheguei a saber se esteve ou não envolvido.
Há umas notas escritas pelo próprio, mas...

Um abraço