segunda-feira, junho 23, 2008

O Solar dos "Caceres"!


Situado na freguesia do Casal Vasco, concelho "D'Algodres", este solar foi mandado construir pela familia "Caceres", fujida de Castela no seculo XIV. Encontrava-se em deploravel estado de ruina, esta presentemente a ser recuperado, depois de ter sido adquirido por um natural desta terra a familia da "Casa da Insua" antiga proprietaria!

A futura utilizacao sera um "Hotel-Rural"! Desejo que as obras decorram com rapidez e normalidade, sempre respeitando as fachadas originais e a antiguidade deste belo solar, a que me referirei seguidamente noutras entradas focando um pouco mais a historia da familia "Melo de Caceres"!

8 comentários:

O Micróbio II disse...

Da Casa da Ínsua de Penalva? Conheço muito bem... cheguei até fazer um acampamento nos terrenos dessa propriedade!

Jofre Alves disse...

A esta freguesia de Casal Vasco andou em tempos anexa a freguesia de Ramirão, sendo esta extinta no século XVIII. Aliás, a freguesia S. Sebastião de Ramirão em tempos foi a mais importante, pois no século XVI não existia a freguesia de Casal Vasco, mas sim o sítio de Casal de Vasco. Boa semana com tudo de bom.

Mara disse...

A recuperação destas casas antigas é sempre de louvar, por muitos motivos.
No final da obra deve ficar linda.
Cumprimentos

Tozé Franco disse...

Olá Al.
É importante a recuperação do nosso património, nem que seja com a construção de hotéis oou pousadas.
Um abraço.

Jofre de Lima Monteiro Alves disse...

Pasei para ver o blogue na esperança de encontrar novos e interessantes artigos. Boa semana, com tudo de bom.

CD disse...

Recomendo ao Jofre Alves comprar o livro "Terras de ALgodres" (1938) de Monsenhor Pinheiro Marques e ler a página 156, onde está uma listagem das freguesias de Algodres, e na qual consta Casal Vasco, escrito Casalvasco. E Ramirão encontra-se anexado a Casal Vasco desde 1839, sec XIX.
Convêm pesquisar um pouco antes de falarmos de coisas que não sabemos.

al cardoso disse...

Caro Jofre Alves:
Bem haja pelos comentarios, de facto o tempo nao tem abundado para publicar mais a miude.
Quanto ao facto da freguesia de S. Sebastiao do Ramirao, ser mais antiga que o Casalvasco, gostaria que o meu amigo me informa-se das fontes desse facto.
Quanto ao amigo CD; provavelmente o comentador Jofre de Lima, tem informacoes que confirmam o que afirma. Sabe o Monsenhor Pinheiro Marques na sua monografia de 1938 (Terras de Algodres) tem bastantes imprecisoes e alguns erros, que ele proprio se desculpa pois foram unicamente os factos que conseguiiu provar a altura.
Vamos a ver o que nos diz o meu amigo Jofre de Lima.
Quanto a listagem que nos da Pinheiro Marques, quando muito data do seculo XVI, e creio que o nosso amigo comentador se referira a dois ou tres seculos atraz.

Um abraco dalgodrense a ambos.

Anónimo disse...

nao ligues cardoso eles gostavam era de la ter um solar assim ....